As finanças são as bases de todo empreendimentos, pois, sem elas não será possível estruturar o negócio e estabelecer um ritmo operacional que permita o avanço e crescimento da sua empresa.

No entanto, lidar com o dinheiro nem sempre é uma tarefa fácil para algumas pessoas, pois, requer preparo psicológico e planejamento bem estruturado, para que assim, você consiga promover o seu negócio.

Se as finanças da sua empresa estão um tanto desestruturadas, então fique tranquilo, pois, hoje você vai aprender em 5 passos como organizar as finanças da sua empresa e fazer melhor uso do dinheiro. Vamos ao que interessa?!

1 — Tenha disciplina para organizar as finanças

O primeiro passo que você deve dar para organizar as finanças da sua empresa é desenvolver e incorporar a disciplina no seu dia a dia, pois, essa etapa é fundamental para todos os passos que virão a seguir.

Essa disciplina deve englobar também a correta separação entre o dinheiro da pessoa física e pessoa jurídica, pois, por mais tentador que seja utilizar os recursos financeiros entre as partes para cobrir possíveis prejuízos, tal prática pode levar esses dois atores do empreendimento a uma grave crise financeira.

Vale ressaltar também que deve haver disciplina e resiliência para cumprir cada etapa do planejamento, mesmo que apresente dificuldades, pois, isso proporcionará um ambiente seguro e com maturidade para o crescimento baseado no bom uso dos recursos financeiros da empresa.

A disciplina é uma questão de prática e, quanto antes você perceber esse fato, melhor será para o processo de organização das finanças da sua empresa.

2 — Faça o planejamento para o curto, médio e longo prazo

O próximo passo para organizar as finanças da sua empresa é realizar o planejamento do seu negócio para o curto, médio e longo prazo, visto que, será o seu mapa de rota para estabelecer as etapas e os recursos necessários para alcançar cada um desses objetivos.

Assim, você deve estabelecer uma ordem de prioridades de cada projeto, para que assim, tenha informações suficientes para organizar as finanças da sua empresa com o objetivo do alcance do que foi planejado.

Lembre-se que o uso dos recursos financeiros de forma desordenada, sem o devido controle e fins de planejamento pode representar sérios danos à saúde operacional da sua empresa.

3 — Utilize um software de gestão de finanças

Embora muitos empreendedores iniciem a gestão financeira das suas empresas utilizando planilhas eletrônicas, certamente, ao longo do tempo, essa alternativa será insuficiente para a gestão global como a única e exclusiva ferramenta fornecedora de informações para a tomada de decisão.

Nesse contexto, para organizar as finanças da sua empresa é de grande importância a implantação e utilização de um software específico para gestão financeira, pois, isso permitirá acompanhar em tempo real a evolução financeira e patrimonial do seu negócio, bem como promoverá um ambiente ágil para a tomada de decisão e melhor uso dos recursos financeiros.

Vale ressaltar que, além de proporcionar organização, um software de gestão financeira possibilita identificar os gastos desnecessários, bem como visualizar os centros de custo que mais consomem recursos financeiros da empresa e se tais gastos justificam o devido retorno financeiro.

4 — Busque as melhores linhas de crédito

Há no mercado muitas opções de crédito para capital de giro empresarial, no entanto, para ter organização das finanças da sua empresa não basta ter crédito, mas, é preciso ter linhas de crédito de qualidade, com baixo pagamento de juros.

Logo, se você deseja organizar as finanças da sua empresa é importante pesquisar fontes de crédito que proporcionem melhores resultados à sua empresa como, por exemplo, as fintechs e agências estaduais de fomento. Com toda certeza você terá plena estruturação do capital de giro de terceiros na sua empresa.

5 — Faça reservas e invista o capital

Você acha que acabou? Estamos quase lá! Agora que você se tornou uma pessoa disciplinada na gestão das finanças da sua empresa, realizou o correto planejamento, adotou um software de gestão adequado e buscou as melhores formas de linhas de crédito, chegou o momento de finalizar o processo de organização.

E qual é a última fase? Realizar reservas financeiras e investir o capital! Mas, por que fazer isso? Simples! Para ter recursos financeiros para os momentos de emergências, bem como para aproveitar oportunidades de mercado que possam surgir de forma inesperada.

Além disso, as reservas financeiras possibilitam que você realize a expansão do seu negócio de maneira consciente e estruturada, na forma de investimentos em estrutura produtiva e operacional, com foco em obter melhores resultados e vantagens competitivas.

Busque também investir o capital de reserva em caixa em alguma modalidade que renda juros, pois o dinheiro parado perde uma porcentagem do seu poder de compra ao longo do tempo causado pelos efeitos da inflação. Mas invista de forma estruturada, por meio de uma corretora de valores, pois, os bancos comerciais não dispõem de linhas de investimentos atrativas e que proporcionem melhores retornos financeiros.

Pronto para colocar em prática a organização financeira da sua empresa? Não deixa para amanhã o que você pode fazer hoje! Ao seguir esses 5 passos, certamente, você fará melhor uso dos recursos financeiros da sua empresa!

Precisa de ajuda ou assessoria? Então entre em contato conosco agora mesmo por meio do nosso formulário de “fale conosco” ou inicie o seu autoatendimento pelo nosso chatbot.